sexta-feira, 30 de março de 2012

O Pacto

Depois de passar por alguma situação difícil de assalto ou depois de assistir a notícias terríveis de violência nos telejornais policiais, que nunca pensou que a melhor forma de tratar estupradores e pedófilos seria um tiro em suas cabeças? Ou para os mais sádicos, antes de matá-los deveriam sentir aquilo que praticaram, um estuprador deveria ser currado por 5 negões e ter o bilau cortado antes da morte. Sei que é errado desejar o mal para outros e que praticando violência nos tornamos aquilo que combatemos, mas na hora não raciocinamos direito e se o bandido aparecesse na nossa frente, precisaria de uns 5 caras pra impedir-nos de esganar o seu pescoço.

O que você faria se alguém entrasse em sua casa e estuprasse sua mãe ou sua mulher. E se um cara aparecesse na sua frente e dissesse que sabe onde o bandido está e se oferece pra pegar o cara e dar um fim nele. Não sei mas acho que a grande maioria diria para este cara que estava autorizado a matar. Esta premissa é sensacional pois pode acontecer com qualquer um de nós.

O filme “O Pacto” conta esta história e começa de modo excelente. Mas depois de certa parte desanda e inicia-se uma seqüência de clichês e absurdos. Têm vários atores conhecidos como O Michael do Lost. Mesmo assim acho que vale a pena pela premissa.

Um comentário:

  1. Nossa é impactante esse filme hein? Não sei se assistiria.
    Big Beijos

    ResponderExcluir